Vídeos

Visitas

quinta-feira, 28 de junho de 2012

A APIME na Caminhada da Cúpula dos Povos na Rio +20

A APIME participou da RIO+20 na Cúpula dos Povos, espaço onde a sociedade civil se encontra, debate, apresenta trabalhos, dilvulga idéias e protestam.

Um dos momentos mais esperados desse encontro é a  Caminhada da Cúpula dos Povos, onde pessoas de todo o Brasil e do mundo se reunem para protestar contra ações, atitudes e politicas que tragam prejuízo ao meio ambiente e à sociedade.

A APIME participou da referida Caminhada em todo o seu percurso, que saíu da Igreja da Candelária e finalizou na Cinelândia, no Centro do Rio de Janeiro.

A APIME levou a mensagem de que a discussão sobre o Código Florestal, que ainda tramita no Congresso Nacional, venha a considerar a proteção das abelhas. Um Código Florestal para proteger as abelhas.

Para divulgar a nossa mensagem, foi produzido um painel de de 1 metro por 2 metros de comprimento, em polietileno, pintado com tinta à base d'água, com ilustração de uma paisagem, com um céu azul, campos verdes floridos e representação de árvores e abelhas em destaque, em diversas proporções e formas e cores, representando a diversidade de nossas abelhas.


Um Sucesso!

Durante todo o percurso da caminhada dezenas e dezenas de pessaos tiravam fotografias e faziam filmagens do painel. Muitos gestos de positivo e de apoio eram registrados. Muitos comentários eram também ouvidos, como: "Não tinha pensado nas abelhas..."; "Tão importantes (abelhas) e nunca pensamos nelas quando falamos na discussão de defesa do meio ambiente";"Abelhas... Elas estão desaparecendo... (referência quanto à síndrome do desaparecimento das abelhas em todo o mundo).



Nossa reivindicação recebeu  apoio do Deputado Federal Pernambucano Fernando Ferro (que votou contra a alteração do Código Florestal quando tramitou na Câmara) que  fez questão de caminhar com a APIME levando o painel (foto abaixo).


A alteração do Código Florestal, no que refere-se a redução de áreas naturais nas propriedades rurais (Área de Proteção Permanente - APP e Reserva Legal),  como a não obrigação por parte dos proprietários rurais de recuperar das áreas irregualarmente desmatadas,  propostas defendidas por diversos parlamentares ligados ao agronegócio, prejudicam diretamenta a conservação das abelhas nativas.
Isso porque a redução dessas áreas de vegetação  natural eliminam os locais de nidificação (ninhos das abelhas) e a própria colônia dessas abelhas e diminuem suas fontes de alimentos (nectar e pólen).
Diversos grupos protestaram contra as alterações propostas para o Novo Código Florestal e solicitavam da Presidente Dilma uma posição firme do Governo Federal no sentido de garantir condições fundamentais à proteção das florestas contidas nas propostas apresentadas pela sociedade civil.
A APIME vem participando a mais de um ano de campanhas contra as alterações do Código Florestal que visam a redução de áreas naturais.

APIME, junho de 2012.

Outras imagens da Caminhada da Cúpula dos Povos na Rio +20.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Umburana - "Pau de Abelha" - Proteger a umburana é conservar as abelhas nativas

Umburana - "Pau de Abelha" - Proteger a umburana é conservar as abelhas nativas
Uma jovem planta de umburana de cambão